O que você precisa saber sobre credenciamento de NFe

O que você precisa saber sobre credenciamento de NFe 

 

Grande parte das empresas e até mesmo profissionais autônomos, emitem nota fiscal eletrônica (NFe) sobre os serviços prestados ou comercializados por eles. O intuito da emissão da nota fiscal é que a empresa ou o profissional consigam trabalhar dentro da lei, evitando assim uma prática muito recorrente e prejudicial para o Governo, a sonegação de impostos.

Através da emissão de nota fiscal, o poder público consegue fiscalizar as transações efetuadas entre empresa/cliente, além de identificar se todos os impostos estão sendo debitados em dia e corretamente.

Para facilitar ainda mais essa emissão tão necessária para as empresas, foi lançada a NFe, que é uma maneira eletrônica de emitir, gerando mais praticidade para o empresário, para o comprador e para os órgãos fiscalizadores. A NFe é emitida e armazenada eletronicamente, dispensando, assim, a impressão e o arquivamento físico da nota.

Para conseguir emitir, a empresa ou profissional deve seguir e obter alguns requisitos, como o apoio de um contador para lidar com os detalhes fiscais da empresa, adquirir o Certificado Digital para que a emissão tenha validade, adquirir um software emissor da nota fiscal e, por último, solicitar o credenciamento para emissão NFe.

Esse último passo, sem dúvidas, é um dos mais importantes, pois sem ele não se adquire a autorização para essa emissão. Veja a seguir como obter o credenciamento para a sua empresa:

Credenciamento para NFe. Como funciona?

Esse é um procedimento necessário para que a pessoa jurídica tenha autorização pública e oficial para emitir nota fiscal em suas atividades. O credenciamento é solicitado para a Sefaz do Estado em que a empresa está registrada. A Sefaz (Secretaria de Estado da Fazenda) é um órgão estadual responsável pela fiscalização, arrecadação, pagamento, controle e contabilização de recursos públicos de cada Estado do Brasil.

Cada unidade de Sefaz tem o seu próprio método de credenciamento, porém, todas se baseiam na avaliação da capacidade da empresa em emitir nota fiscal, ou seja, se a empresa é lícita, se encontra-se com os documentos e declarações em dia, qual seu segmento, sua estrutura, saúde financeira etc.

Por conta disso, é preciso que a mesma esteja com seus dados atualizados para apresentação ao órgão emissor da credencial. Vale consultar um contador para saber como funciona a legislação local e quais são exatamente os documentos necessários nessa etapa.

Após o recolhimento dos documentos necessários, é homologado o pedido de credenciamento junto ao órgão que irá analisá-los. Durante esse período, a empresa inicia um processo de teste, oferecido pelo Sefaz.

A empresa terá acesso a um ambiente de testes, que é chamado de ambiente de homologação, onde será possível emitir notas fiscais testes, cancelar notas emitidas, inutilizar numeração, entre outros trâmites, mas sem que estes tenham validade. Essa é uma etapa para avaliar se a empresa e seus profissionais estão aptos e sabendo emitir uma nota fiscal.

Após isso, o credenciamento é deferido ou não, e a empresa já inicia o processo de emissão de NFe, que já deve ser totalmente eletrônico e passa a ter validade legal.

Precisa da ajuda de um contador? Conte conosco! 

 

Deixar uma resposta

quatro × um =

NÓ ENTRAREMOS EM CONTATO COM VOCÊ!

Ex: (41)9988-87888

Experiência, ética e uma grande estrutura pronta para facilitar a sua vida.

Investimos em estrutura e capacitação para poder oferecer à sua empresa o que você mais precisa: facilidade e tranquilidade no seu dia a dia.

  • Mias de 30 anos de experiência em gestão contábil;
  • Presença em 9 cidades;
  • mais de 250 clientes atendidos;
  • 300 colaboradores e parceiros à sua disposição;
  • Motoristas para entregar e receber documentos.
Assessorar e executar as informações para tomadas de decisões e gestão corporativa de nossos clientes, prestando serviços com qualidade e comprometimento, valorizando os talentos internos e priorizando excelência no atendimento.
Ser a contabilidade modelo em Curitiba e nível nacional, buscando inovações tecnológicas objetivando agilidade no atendimento e desenvolvimento dos processos nas áreas contábil, fiscal, societário e RH.
  • Confiança;
  • Transparência;  
  • Ética Profissional;
  • Segurança e Transparência;
  • Comprometimento e Respeito;
  • Pontualidade e Assiduidade;
  • Respeito e Responsabilidade;
  • Coerência.

Nossa História

Uma tradição em família que se multiplica em diversas empresas e gerações da família Folador.

O casal Hermegildo e Maria naturais de Erechim – RS, constituíram uma família com 13 filhos, ele agricultor e empresário, era quem estruturava e controlava seus registros contábeis com notável diligência.

A partir dessa experiência a maioria de seus filhos descobriram sua vocação; Jacir Folador identificou-se com as questões de cuidado e zelo patrimonial, herdadas de seu pai. Hoje bacharel em Ciências Contábeis pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC), casado pai de dois filhos. Em 1982, com apenas 21 anos já formado e com registro no CRC, iniciou seu próprio escritório contábil firmando-se no mercado. Com o passar do tempo a experiência, trouxe novos conhecimentos ampliando suas vontades empresariais.

Todo o seu trabalho desenvolvido com seriedade e competência geraram reconhecimento na classe contábil, destacando a importância da contabilidade na gestão empresarial e nas tomadas de decisões administrativas e no crescimento das empresas. Hoje conta com uma equipe altamente capacitada nas áreas Contábil, Fiscal, Empresarial e Rh, proporciona aos seus clientes, todos os procedimentos para o melhor desenvolvimento do seu negócio, tem sempre em mente que o sucesso de seus clientes é o que justifica sua vocação.