Categorias Seta
Home > Blog > 3 estratégias para melhorar a saúde financeira da sua empresa

3 estratégias para melhorar a saúde financeira da sua empresa

27 de julho de 2020

A saúde financeira de uma empresa é quem dita as regras do jogo. Uma boa gestão significa margem para investimento e crescimento. Por outro lado, quem perde o controle pode acabar com dívidas ou, até mesmo, falindo. No entanto, nunca foi tarefa simples manter o equilíbrio.

Para que isso se torne realidade, é um processo demorado, mas com benefícios a longo prazo. Gestores precisarão avaliar e ter em mente uma série de indicadores importantes. Afinal, a prioridade do negócio é continuar em pé, ou seja, ser viável economicamente.

Explicaremos, a seguir, a importância de controlar a vida financeira e como fazer isso com maestria.

Por que avaliar a saúde financeira da minha empresa?

Como falamos, estar por dentro da vida financeira de um negócio é uma questão de sobrevivência. Vários empreendimentos amargam prejuízos que poderiam ter sido evitados, com um bom planejamento ou controle mais eficiente.

O bom desempenho corporativo, principalmente em relação aos concorrentes, depende de um equilíbrio econômico. Logo, empresas preocupadas com suas finanças estão a, pelo menos, um passo à frente dos outros.

Com todas as informações claras e abertas, na mesa, o gestor pode tomar decisões mais coerentes sobre o futuro do negócio, como investimentos ou ações para sair do buraco.

Estratégias para melhorar a vida financeira do negócio

Para ter conhecimento dos dados financeiros de uma empresa, é preciso analisar indicadores, como o fluxo de caixa, por exemplo. Apenas assim será possível elaborar ações e estratégias para sair do vermelho. Confira, a seguir, algumas dicas para ter uma boa vida financeira:

Tudo é questão de planejamento

Gestores desprevenidos são facilmente expostos a problemas e obstáculos ao longo de sua jornada empresarial. O planejamento financeiro é estruturado justamente para amenizar os impactos de uma possível crise e ter um norte a seguir.

Dessa forma, o planejamento pode ser comparado ao esqueleto de um negócio e sua sustentabilidade econômica: é o que mantém tudo em pé. Esse documento, para ser eficiente, deve conter informações como despesas, pagamentos, capital de giro…

Aposte em tecnologias

Gerenciar os principais indicadores, que apresentam dados financeiros, pode ser bem complicado. No entanto, já existem milhares de softwares e tecnologias ao nosso favor.

Eles simplificam a rotina de trabalho, oferecem dados muito mais confiáveis e precisos e, ainda, agilizam as tarefas diárias. O resultado é, portanto, muito mais rápido, acessível, barato e preciso.

Há quem opte também por incluir nessas aventuras tecnológicas a Inteligência Artificial. Ela ajuda a analisar com mais precisão os dados obtidos.

Controle as suas despesas

Essa estratégia, na verdade, é um complemento das outras dicas que demos anteriormente. A partir do momento que a sua empresa tem um planejamento e um balanço de um determinado período, com o auxílio de ferramentas, é possível ver onde se pode cortar gastos.

Com isso em mãos, fica mais fácil ver onde há brecha para negociar ou onde fechar um pouco mais a mão, para a conta fechar. Aliás, todas essas informações vão para o fluxo de caixa e, com o passar do tempo, a transformação é nítida!

Se você gostou do conteúdo e deseja saber mais sobre como deixar em dia a saúde financeira da sua empresa, acesse nosso site!

Whatsapp