Categorias Seta
Home > Blog > Qual a diferença entre balancetes e balanços?

Qual a diferença entre balancetes e balanços?

6 de fevereiro de 2020
qual-a-diferenca-entre-balancetes-e-balancos

Uma das áreas que mais influencia o sucesso de um negócio é realizar uma gestão financeira de qualidade. Para isso, é essencial saber qual é a diferença entre balanço e balancete.

São esses relatórios que irão demonstrar qual é a situação financeira da empresa e, com isso, são reflexos do desempenho da empresa.

Porém, para garantir que as informações ali constantes refletem efetivamente o estado financeiro da empresa, é importante que sejam

realizados por profissionais experientes e com capacidade técnica.

Quer saber mais sobre qual é a diferença entre balanço e balancete? Continue lendo este post.

O que é Balanço

O balanço é o relatório contábil que demonstra qual é a posição patrimonial e financeira da empresa em determinado período. Levando em consideração dados de forma qualitativa e quantitativa.

Isso significa que é um dos melhores demonstrativos financeiros da empresa, já que permite uma visão global financeira e patrimonial da empresa.

Tradicionalmente, é feito anualmente. Ou seja, deve ser elaborada a cada término de exercício social. Porém, algumas empresas também o realizam de forma trimestral.

No relatório, todas as informações são classificadas de acordo com elementos do patrimônio, a fim de que seja melhor compreendido por aquele que irá interpretar a situação financeira da empresa.

As informações são divididas em três grupos: ativos, passivos e patrimônio líquido:

– Ativos: é o conjunto de bens e direitos da empresa que possui valor econômico. Ex. dinheiro em casa, imóveis, patentes, marcas, etc.

– Passivos: são todas as obrigações da empresa, ou seja, tudo aquilo que ela deve pagar. Ex. dívidas, impostos, salários, financiamentos, etc.

– Patrimônio líquido: é a diferença entre ativos e passivos, resultando no patrimônio da empresa.

O que é Balancete?

O balancete por sua vez é um relatório não obrigatório, que demonstra os saldos de débitos e créditos de todas as contas pertencentes ao plano de contas.

Utiliza como base as informações constantes no Livro da Razão e serve para apurar determinado momento da empresa.

Serve normalmente no âmbito interno, para análise dos seus gestores, podendo ser realizado a qualquer tempo.

Com o balancete a empresa procura encontrar e corrigir erros ou ainda eventuais fraudes em diversas situações, como por exemplo:

– eventuais documentos que foram omitidos;

– duplicação de lançamentos;

– documentação em conflito com o saldo.

E qual é a diferença entre as duas?

Inalterabilidade

A primeira diferença entre os dois relatórios é a inalterabilidade. Enquanto no balancete pode existir alteração dos valores ali constantes, tendo em vista a periodicidade que é feito.

No balanço os resultados não podem ser modificados. Ele é um relatório final e se refere a situação financeira da empresa no ano de análise.

Momento de realização

Outra diferença é que o balanço deve ser feito pelo menos uma vez por ano. Já o balancete pode ser feito sempre que a empresa

entender que é necessário para avaliação de suas contas.

Obrigatoriedade

O balancete é um relatório opcional, somente é realizado quando for de interesse dos gestores.

Já o balanço patrimonial deve ser realizado por todas as empresas de capital aberto, de grande porte e PMEs, de acordo com a Lei nº

6.404/76 e norma TH 1000.

Para garantir que sua empresa tenha sempre tenha balancetes e balanços de patrimonial de qualidade, com uma equipe especializada e ainda com tratamento individual e único, entre no nosso site e conheça nossos serviços contábeis.

 

Whatsapp